Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

“A Poeira e a Estrada”: do que trata livro que Lula está lendo

30/05/2018 11:42

Clique acima para participar do Financiamento coletivo para manter vivo o Instituto Lula.


Os deputados da Comissão Externa da Câmara que inspecionaram as instalações onde o ex-presidente Lula encontra-se em cárcere político em Curitiba voltaram da visita com algumas notícias. De queLula está preocupado com a situação atual do país, com a crise do abastecimento, com as perspectivas econômicas para o futuro próximo; de que Lula segue candidatíssimo à Presidência da República; de que a saúde do ex-presidente está boa, que ele segue forte e otimista, muito embora indignado.

Além disso tudo, os parlamentares contaram também que Lula tem lido muito e que, nesta terça-feira, o livro que acompanhava o ex-presidente é “A Poeira e a Estrada”, do poeta e cantor pernambucano Maciel Melo.

A obra, autobiográfica, remete a um forró de mesmo nome composto pelo poeta, que pode ser ouvido aqui. Quando se lê a letra, é impossível não lembrar da história do próprio Lula:

Amigo olhe a poeira, olhe a estrada
Olhe os garranchos que arranham pensamentos
Entre o cascalho,vá separando os espinhos
Não esqueça que os caminhos
São difíceis pra danar
Nem todo atalho diminui uma distância
Nem toda ânsia no final tem alegria
Veja na flor que o espinho lhe vigia
A noite adormece o dia
E a lua vem lhe ninar
Devagarinho vá pelo cheiro das flores
Siga os amores nunca deixe pra depois
Nem tudo é certo como quatro é dois e dois
Nem todo amor merece todo coração
Se a poesia ainda não lhe trouxe o fermento
E o sofrimento entre o amor ganhou a vez
Nem tudo é eterno quando a gente ama
Por isso amigo não se entregue agora
Talvez um dia o mundo lhe peça perdão
Por isso não se perca não
Os amores vão e a gente fica

O livro é uma narrativa mista, em que uma prosa romanceada se mistura a poesias e crônicas do sertão nordestino. Conta a história de um “caboclo sonhador”, como o próprio Maciel se descreve. Feita para que qualquer brasileiro tenha a oportunidade de mergulhar no universo em que está inserida, a obra traz um glossário traduzindo termos do “nordestinês”, muitos só falados no sertão.

Por meio de sua história, o autor aborda temas como cultura nordestina, misticismo, cangaço e política. Acaba por se tornar um retrato do Nordeste brasileiro, com seus personagens, vivências, belezas e espinhos. “Foi muito reconfortante ter visto o presidente Lula com a mesma força, a mesma vontade de ler, de entender cada vez mais a alma do brasileiro e do Brasil”, disse, emocionada, a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), ao deixar o cárcere político do mais popular presidente que este país já teve.

Por Vinícius Segalla, da Agência PT de Notícias, em Curitiba