Faça parte. Contribua

Vamos juntos manter o Instituto Lula em atividade neste primeiro semestre de 2018

Participe

Instituto Lula

Menu

Boletim 142 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

11/07/2018 13:26

Arte Agência PT

Do PT 

1. A ex-presidenta do Chile Michelle Bachelet encabeça um manifesto assinado por outros 42 políticos e personalidades do seu país em que apelam ao Judiciário brasileiro para que respeitem a Constituição e garantam ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o direito de disputar as eleições de outubro. A Declaração em Defesa da Democracia no Brasil e do Presidente Lula alerta para o risco de perda de legitimidade do processo eleitoral caso o ex-presidente seja afastado. Leia mais: http://www.pt.org.br/michelle-bachelet-lidera-peticao-para-que-lula-seja-candidato/

2. O jornalista e blogueiro Eduardo Guimarães passou o dia na Vigília #LulaLivre. Ele foi vítima de uma abusiva condução coercitiva decretada por Sérgio Moro no ano passado, depois que divulgou em seu blog que Lula seria vítima de uma igualmente arbitrária condução coercitiva por ordem do juiz da Lava Jato. Guimarães foi inocentado, já que apenas fez seu dever jornalístico, mas mesmo assim teve que se deslocar de São Paulo a Curitiba para retomar seus equipamentos de trabalho: um laptop e dois celulares confiscados pela Polícia Federal por ordem de Moro, que ficou contrariado com o furo jornalístico.

3. Hoje, no 95º dia da Vigília #LulaLivre, o “Bom Dia” ao ex-presidente contou com a participação de Elza Campos, secretária de Movimentos Sociais do PCdoB no Paraná. Ela frisou que Lula é preso político e ainda se tornou um sequestrado nas mãos da Polícia Federal no último domingo, quando foi desrespeitada uma decisão judicial que garantia a libertação do ex-presidente.

4. Sexualidade e Gênero foram temas de uma oficina realizada à tarde na Vigília, coordenada por Izabel Grein, do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra no estado (MST-PR). Duas outras oficinas foram realizadas. Uma debateu um projeto para o Brasil, coordenado por Helem Lima, da Frente Brasil Popular. Outra, coordenada por Sônia Gutierrez, foi sobre fotomontagem – construção de discurso com imagens.

5. A pesquisadora brasileira Ligiana Costa, que também é cantora lírica, recebeu no domingo (8/07) o prêmio Flaiano de literatura na cidade de Pescara, na Itália, e o dedicou ao ex-presidente Lula. Com um cartaz em que pedia a libertação de Lula em inglês (#FreeLula), ela lembrou o papel estratégico do ex-presidente para a pesquisa e para a cultura no Brasil, criando dezessete universidades públicas. Ela recebeu uma das maiores premiações literárias da Itália pelo livro “O Corego”, sobre a arte cênica italiana do século XVII. Leia mais: https://twitter.com/LulaOficial/status/1016318488598769666

6. No dia 28 de julho acontece no Rio de Janeiro o Festival Lula Livre, nos Arcos da Lapa, com artistas brasileiros e latino-americanos, intelectuais e movimentos sociais, em um dia de festa e luta em defesa da democracia e pela liberdade de Lula, preso sem uma única prova após um processo marcado por irregularidades e pela clara violação do Estado de Direito. A primeira edição do evento aconteceu na Argentina no dia 19 de maio, com o nome de Lula Festiva, reunindo artistas e milhares de jovens na Plaza de Mayo.

Boletim 142 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 10/7/2018 – 21h