Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Ricardo Lodi Ribeiro.

Instituto Lula

Menu

Celso Amorim: Desnacionalização não é privatização

08/12/2017 15:34

Lindbergh Farias, Lula e Celso Amorim em Nova Iguaçu. Foto: Ricardo Stuckert

O projeto defendido pelos golpistas não é de privatização, como se costuma chamar. O que existe é um processo de desnacionalização do patrimônio brasileiro, especialmente contra a indústria. A explicação é defendida pelo ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

Celso Amorim está acompanhando a terceira fase da caravana #LulaPeloBrasil, no Rio de Janeiro. Ao lado do senador Lindbergh Farias e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Celso Amorim participou de uma entrevista coletiva dentro de um dos ônibus que acompanham a caravana.

"Em primeiro lugar, é preciso deixar claro que não existe privatização, o que existe é uma campanha pela desnacionalização. Eles dizem que são contra a ineficiência das empresas públicas, mas na verdade eles são contra apenas a empresa pública brasileira. Quando se fala em privatização você imagina que as empresas estão sendo vendidas para grandes empresários brasileiros, como um Antônio Ermínio de Morais. Isso não acontece. A venda é sempre para estrangeiros e muitas vezes as vendas são para são empresas estatais, mas de outros países". Logicamente, não é correto chamar a venda de uma estatal brasileira para uma estatal chinesa ou francesa de privatização.

Acompanhe mais notícias da Carvana #LulaPeloBrasil no site do Instituto Lula .