Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Marcio Pochmann.

Instituto Lula

Menu

Filho de pobre não tinha direito de ir para universidade

17/10/2017 11:26

Foto: Ricardo Stuckert

Com informações de Lula.com.br 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve nesta segunda-feira (16) em Guarulhos, na Grande São Paulo, e falou sobre educação e futuro. Lula lembrou, como tem feito em vários discursos, que o Brasil só criou sua primeira universidade no começo do século XX, quando outros países latino-americanos já tinham instituições universitárias com mais de 300 anos de idade. "E criou não para agradar o povo, mas para agradar o rei da Bélgica, que vinha ao Brasil e tinha que ganhar um título de doutor honoris causa". Lula disse que uma elite perversa que governou esse país desde sempre nunca ligou para o povo e trabalhou para manter os mais pobres longe das universidades, como se fossem destinados eternamente a ocupar cargos de baixa qualificação. Ao lado do ex-ministro da Educação Fernando Haddad, Lula recordou o trabalho que foi feito em seu governo para ampliar o acesso universitário aos mais pobres e àqueles que moram longe dos grandes centros. Para conhecer melhor essas políticas, visite o site Brasil da Mudança.

Lula pelo Brasil
Lula passou o dia em agenda pela região metropolitana de São Paulo nesta segunda-feira. O ex-presidente ressaltou que a passagem pelas cidades paulistas também integram o calendário da caravana Lula pelo Brasil, que já percorreu o Nordeste e seguirá por Minas Gerais a partir do dia 23.

Veja como foi o ato: