Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Curso do mês: Filosofia e feminismo, com Marcia Tiburi.

Instituto Lula

Menu

Íntegra das respostas ao JN deste sábado

16/04/2016 21:05

O Jornal Nacional deste sábado mencionou o ex-presidente em duas matérias na noite deste sábado (16). Leia abaixo a íntegra das duas respostas enviadas à Globo:

A)Sobre confusão na porta do hotel

As pessoas na porta do hotel atacaram e chutaram os carros da comitiva do ex-presidente. O veículo no vídeo é um carro que veio acompanhando a comitiva após um ato público. Esse carro foi atacado e três pessoas desceram e confrontaram os manifestantes que cercavam e chutavam o veículo. Essas pessoas não são seguranças do ex-presidente. A segurança do ex-presidente Lula, conforme a lei para ex-presidentes, é feita por agentes de segurança do estado. Eles não se envolveram na confusão.

Assessoria de Imprensa do Instituto Lula
B) Sobre depoimento Andrade Gutierrez

Resposta do Instituto Lula:

Luiz Inácio Lula da Silva não favoreceu nenhuma empresa nem intermediou negócio nenhum. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva atuou durante o seu mandato para promover o Brasil e suas empresas no exterior porque isso é um dever de um presidente da República e ajuda a gerar empregos no nosso país. E agiu sempre dentro da lei e a favor do Brasil.

Lula levou 84 missões empresariais brasileiras a países de todos os continentes, mais de dez missões por ano, promovendo contatos de alto nível de empresas brasileiras com autoridades estrangeiras e parceiros comerciais nos mais diversos setores.

O ex-presidente trabalhou fortemente, por exemplo, para que o Rio de Janeiro sediasse os jogos Olímpicos de 2016, evento que rende lucrativos contratos para as Organizações Globo, um conglomerado privado brasileiro. Lula fez isso por entender que é bom para o Rio de Janeiro, para o Brasil e a obrigação de um presidente da República, sem esperar qualquer reconhecimento ou mesmo tratamento justo das Organizações Globo por conta disso.

Complemento jurídico - resposta dos advogados:

Os advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva não conhecem o teor do suposto depoimento do ex-presidente da Andrade Gutierrez. Tomaram conhecimento apenas de um trecho encaminhado pela TV Globo, que não indica qualquer conduta ilícita praticada por Lula.

O próprio depoente isenta Lula de qualquer ilegalidade em seu depoimento, como fica claro na resposta final por ele apresentada.

Na condição de Presidente da República, Lula, honrando o cargo e cumprindo a Constituição Federal, realizou diversas missões internacionais com empresas e empresários brasileiros, com o único objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social do Brasil. 

Lula não fez qualquer intermediação de negócios e tampouco favoreceu determinadas empresas antes, durante ou após ser Presidente da República. 

Lula não é réu em nenhuma ação penal. Não praticou nenhum ato ilícito e muito menos um crime. 

Os advogados de Lula repudiam mais um vazamento seletivo de informações de processos que tramitam sob sigilo judicial, com o único intuito de interferir no cenário político do País. Tomarão, como sempre têm feito, as providências jurídicas cabíveis em relação à qualquer manipulação desse depoimento que seja realizada com a finalidade de denegrir a honra e a imagem do ex-Presidente Lula.