Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Curso do mês: Filosofia e feminismo, com Marcia Tiburi.

Instituto Lula

Menu

Lula: Moro precisava me condenar

14/05/2019 17:39

Foto: Reprodução/BBC News

Num trecho da entrevista que deu a Kennedy Alencar, para a BBC, o ex-presidente Lula fala sobre seu processo e volta a dizer que seus acusadores e julgadores reconhecem sua inocência, mas precisavam entregar sua condenação.

Na sentença, nenhum ato ilícito de Lula é detalhado, o juiz condena o ex-presidente por "atos indeterminados". Também foi o ex-juiz Moro quem reconheceu por escrito que não havia dinheiro da Petrobras envolvido. Nunca apareceu nenhuma prova de que o apartamento pertenceu em algum momento a Lula. Mas ainda assim, a convicção de Dallagnol prevaleceu.

No meu julgamento, qual foi o crime que eu cometi? Foi um fato indeterminado. O seu Moro reconhece que não tem dinheiro da Petrobras, reconhece que o apartamento não é meu, mas ele precisava me condenar.

A mesma coisa é na acusação. O Dallagnol, depois de ele fazer uma hora e meia de hipocrisia para a mídia brasileira, ele vem e fala: "não me peçam provas. Eu só tenho convicção". E por conta disso eu estou aqui, meu filho.