Instituto Lula

Menu

Lula recebe nos EUA prêmio por trabalho de combate à fome

13/10/2011 22:40

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu, nesta quinta-feira, nos EUA, o World Food Prize, um reconhecimento aos esforços do seu governo no combate à fome e à pobreza no Brasil. O ex-presidente de Gana, John Agyekum Kufuor, também foi premiado pelo trabalho realizado em seu país.

“Fico muito feliz de estar recebendo um prêmio mundial de alimentação em um estado em que as estátuas que eu vi na rua não são de heróis de guerra, mas de heróis de combate à fome. Essa é a verdadeira guerra que todos os governantes precisam aprender a fazer: lutar pela vida, e não pela morte”, afirmou Lula durante a cerimônia, que ocorreu em Des Moines, no estado de Iowa.

[mudslide:picasa,0,116451107798979983687,5663151454735272849,530,center]

Kufuor, ao receber o prêmio, disse estar muito feliz de dividir a honra com Lula, e que o considerava um "ícone mundial".

O World Food Prize foi criado pelo cientista e prêmio Nobel da Paz de 1970 Norman E. Borlaug, um dos principais responsáveis pela “revolução verde” que aumentou a produção de alimentos no planeta. Ele premia pessoas que deram contribuições significativas para melhorar a qualidade, quantidade ou acesso aos alimentos no mundo. Após 25 anos de existência, essa é a primeira vez em que são premiados governantes que tiveram atuação de destaque na redução da fome e pobreza em seus países.

Em seu discurso, Lula afirmou que sempre sonhou ser possível fazer com que a fome deixasse de ser um problema estatístico e se tornasse um problema a ser resolvido com política.

“Por trás de cada número tem uma criança, uma mulher, um velho precisando que a gente lute por eles. Pois a fome não leva ninguém à revolução, leva à submissão.”, disse o ex-presidente. “As pessoas precisam aprender que democracia não é apenas a gente gritar quer está com fome. Democracia é a gente comer de manhã, de tarde e à noite.”

Nesta sexta-feira (14), em seminário sobre combate à fome que ocorre junto ao evento, Lula fará uma conferência sobre políticas públicas de segurança alimentar, desenvolvimento e redução da pobreza. Lula falará às 11h (horário de Brasília) e haverá transmissão ao vivo neste link.

Participaram do evento o Diretor da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e criador do programa Fome Zero, José Graziano, o primeiro-ministro da Tanzânia, Mizengo Pinda, o ex-presidente de Moçambique, Joaquim Chissano, e o governador de Iowa, Terry Branstad