Instituto Lula

Menu

Lula recebe título de Doutor Honoris Causa em Alagoas

23/08/2017 16:35

Foto: Ricardo Stuckert

Mais um título de Doutor Honoris Causa para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta quarta-feira (23), sétimo dia da caravana Lula pelo Brasil, o ex-presidente recebeu o seu 32° título, dessa vez da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), na cidade de Arapiraca. 

Durante a cerimônia, realizada no ginásio municipal João Paulo II, Lula agradeceu a homenagem e ofereceu o título ao povo brasileiro. "Sempre que recebo um título de Doutor Honoris Causa divido com todos que lutam por um Brasil mais justo", disse o ex-presidente, que lembrou ainda da aluna quilombola da cidade de Cruz das Almas (BA), a primeira pessoa de sua família a se formar e obter o doutorado pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). "O que eles não sabem é que meu título mesmo é o diploma da aluna quilombola. E isso vereador ou político nenhum vai poder tirar dela. O diploma dessa menina é meu título e ninguém pode tirar". 

Em seu discurso, o ex-presidente enumerou as conquistas e os avanços em educação durante os governos do PT e ressaltou o aumento do número de vagas nas universidades de Alagoas, de 12 mil para mais de 35 mil. Contando com o ensino privado, o número de vagas no ensino superior em Alagoas passou de 32 mil para quase 100 mil. "Eu tenho muito orgulho de ter sido a pessoa que mais fez instituições de ensino superior neste país. Eu fui o único presidente que, durante todos os oito anos de governo, me reuni com todos os reitores de universidades e institutos federais", reafirmou Lula. 

Para ver as fotos da cerimônia em alta resolução, acesse o Flickr do Instituto Lula

Para o ex-presidente, o que o povo nordestino precisava era de uma oportunidade. "Parecia que o Nordeste estava predestinado a ser uma área esquecida e abandonada. E eu fiz questão de provar que o povo nordestino não era inferior ao americano, ao francês, ao paulista ou a qualquer outro povo do mundo. O povo nordestino precisava apenas de oportunidade", disse. Ao comentar as agressões à Uneal, Lula criticou a elite e afirmou que a universidade foi agredida por ser pioneira em formar professores indígenas. "A UNEAL tem a cara do povo brasileiro. As elites dirigentes deste país nunca se preocuparam em democratizar o acesso à universidade". 

Cisternas
Lula falou ainda sobre o Prêmio das Nações Unidas  que reconheceu o programa de Cisternas como uma das melhores políticas públicas do mundo. "O Brasil ontem ganhou um prêmio da ONU, que é considerado quase um Oscar das políticas públicas. Graças às cisternas implantadas aqui no Nordeste", comentou. Ao todo, foram entregues 1,2 milhão de cisternas em todo País, sendo 1,1 milhão no Nordeste.