Faça parte. Contribua

Vamos juntos manter o Instituto Lula em atividade neste primeiro semestre de 2018

Participe

Instituto Lula

Menu

MTS-MA denuncia assassinato de militante

18/12/2017 11:54

Luís Preto, liderança do MST no Maranhão

Nota de pesar

É com imensurável tristeza que nós do Movimento Sem Terra no Maranhão informamos o assassinato do camarada  Luís dos Santos Silva,    militante da classe trabalhadora, forjado a partir da  luta pela terra, em atuação no Sind. de Trabalhadores Rurais e MST em Imperatriz-MA.

Desde de 1987. Luis Preto, como era conhecido,  teve participação e atuação decisiva na consolidação do MST no Maranhão.  Foi uma das principais lideranças na conhecida luta pela fazenda Criminosa em Imperatriz, hoje, Assentamento Itacira / Vila Conceição. 

Luis foi mais uma vítima da barbárie, degradação e desumanização. 

Há indícios de que o motivo de sua morte foi o roubo da  moto que pilotava voltando para sua casa no assentamento nas primeiras horas do dia de hoje. 

Luis Preto construiu uma família militantes:  a filha Letícia  Viana é uma das coordenadoras do Setor de Produção do MST MA, os filhos André é militantes do coletivo de Direitos Humanos do Movimento e por fim, Humberto Viana colaborou por mais de dois anos na organização da Escola Florestan Fernandes em Guararema SP. Sua companheira, Maria da Penha,  é uma educadora da reforma agrária desde o processo de acampamento em meados dos anos 80.

Prestamos aqui toda solidariedade e carinho da militância do MST à família e aos amigos e ao assentamento Itacira.

"A morte não é verdade quando se cumpre bem o papel da vida!" Luís Preto presente!

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MA