Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Marcio Pochmann.

Instituto Lula

Menu

Multidão lota UERJ em último ato da caravana pelo Rio

09/12/2017 09:15

Foto: Ricardo Stuckert

Do Lula.com.br 

"Não é possível que esse país que tem uma elite tão poderosa precise de um presidente sem diploma para colocar mais alunos na universidade. Nossa elite só permitiu que o Brasil tivesse uma universidade 420 anos depois do descobrimento. Explica o atraso do nosso país.". A fala do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva diz muito sobre o tom da terceira etapa de Lula pelo Brasil. Nas passagens pelo Espírito Santo e Rio de Janeiro, a pauta fundamental foi consenso: a Educação. 

A Educação também levou milhares de jovens a lotarem a Concha Acústica da UERJ na noite desta sexta-feira (8), no ato que encerrou a caravana no Rio. Palco de resistência contra o golpe e contra os retrocessos impostos às universidades públicas, a Universidade Estadual do Rio de Janeiro sofre com a precarização do ensino superior. 

"Fiquei sabendo que a UERJ não pagou o 13º salário de 2016, certamente não pagará o 13º deste ano e já caminha para três meses de salário atrasado. Ora, ninguém em sã consciência pode chamar de radical alguém que se recusa a trabalhar nessas condições", disse Lula, em solidariedade à comunidade acadêmica. Para o ex-presidente, não existe saída para a crise no estado fora do auxílio federal.  

Lula, que entrou para a História como o presidente que mais inaugurou universidades - 14 no total -, agora tem uma meta mais ambiciosa. Durante a caravana pelo Rio, o ex-presidente revelou o desejo de federalizar o ensino médio. "Alguns dizem para eu federalizar os presídios. Digo a vocês que estou seriamente tentado a federalizar o ensino médio nesse país", declarou, sobre um eventual novo mandato à frente da Presidência da República. 

Para Lula, a saída para o aumento da criminalidade, que afeta especialmente o Rio de Janeiro, está no investimento em educação e na geração de empregos. "Quer melhorar rapidamente o problema da violência? Você precisa ter polícia bem preparada, bem armada, bem treinada e com salário em dia. Mas você diminui mesmo é dando salário, emprego e educação para os jovens". 

Lula pelo Brasil

O projeto Lula pelo Brasil, uma jornada para reencontrar o país e seu povo, encerra o ano de 2017 com três etapas concluídas. Nordeste, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Para o primeiro semestre de 2018, o ex-presidente Lula já planeja passagens pelo Sul e Norte do país.