Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Nobel da Paz faz defesa de Lula e da democracia na América Latina

12/03/2018 18:57

Esquivel e Carol Proner criticam imputação de 'delito inexistente' a Lula. Ele defende indicação do ex-presidente ao Nobel (TVT)

Da Rede Brasil Atual

O argentino Adolfo Pérez Esquivel é o convidado do Entre Vistas, da TVT, que vai ao ar nesta terça-feira (13), a partir das 21h. A jurista e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UDRJ) Carol Proner participa do programa, apresentado por Juca Kfouri. 

Juca logo no início quis saber se nos tempos atuais, como na década de 1960, a América Latina sofre a presença da "mão grande" norte-americana. "Eles não estão aí para cuidar, estão para dominar. Por isso, eu insisto que os Estados Unidos nunca vão ser um aliado da América Latina. Nunca", enfatizou Esquivel.

Prêmio Nobel da Paz em 1980, o escultor e ativista de direitos humanos na região falou também sobre o golpe no Brasil, com a deposição de Dilma Rousseff e a imputação de "um delito inexistente" ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem visitou recentemente e manifestou solidariedade. Também disse que pretende indicá-lo ao Nobel.

Ele apontou a existência de uma permanente "violência estrutural" na região. "Para mim, democracia significa direitos iguais. Não se ganha, se constrói", afirmou. Na conversa com Juca e Carol, Esquivel falou ainda de sua prisão durante a ditadura no Brasil, de encontros com dom Paulo Evaristo Arns e sobre o Papa Francisco, seu compatriota.

Entre Vistas pode ser visto no canal digital 44.1, além dos canais da TVT no Youtube e no Facebook. A íntegra também é publicada pela RBA.