Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Professor do mês: Emir Sader.

Instituto Lula

Menu

Seca afetou 19,6% dos municípios brasileiros

19/07/2018 09:15

Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil

Da Fundação Perseu Abramo 

Os recém-lançados dados da Pesquisa Perfil dos Municípios Brasileiros (Munic) 2017, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, apontaram que dos 5.570 municípios brasileiros, 1.094 (19,6%) foram afetados por secas em 2016.

Dos afetados pela seca, 67,8% pertenciam à região Nordeste. No entanto, os episódios de escassez de chuvas não foram restritos ao Nordeste, uma vez que 15% eram da região Sudeste, 9,6 da região Norte, 6,5% da região Centro-Oeste e menos de 1% da região Sul.
A escassez de água é um problema que afeta um conjunto significativo de cidadãos e precisa de políticas públicas que permitam a convivência com as condições climáticas. Nos governos Lula e Dilma, o Programa Água para Todos teve o objetivo de garantir o amplo acesso à água para as populações rurais dispersas e em situação de extrema pobreza, seja para o consumo próprio ou para a produção de alimentos e a criação de animais, possibilitando a geração de excedentes comercializáveis para a ampliação da renda familiar dos produtores rurais.

Na prática, as ações do Programa Água para Todos possibilitaram para a população acesso a cisternas de consumo, cisternas de produção, sistemas coletivos de abastecimento de água, barreiros ou pequenas barragens, kits de irrigação, barragens subterrâneas e poços. No período pós-golpe, essas ações foram praticamente extintas, já que tiveram seu orçamento reduzido por Temer e seus apoiadores, deixando os mais precisam sem apoio do Estado.

A seca nos municípios brasileiros em 2016