Faça parte. Contribua

Vamos juntos manter o Instituto Lula em atividade neste primeiro semestre de 2018

Participe

Instituto Lula

Menu

Feijoó comenta retrocesso no combate ao trabalho escravo

18/10/2017 14:02

José Lopez Feijóo, comentarista político da TVT

Da Rede Brasil Atual 

"É irônico que um governo golpista se queixe de tramas de conspiração e golpe", diz o analista político José Lopez Feijóo, no Seu Jornal, da TVT, sobre a carta enviada por Michel Temer a parlamentares, em que pede apoio para derrubar denúncia de corrupção deve ser votada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (18). 

Segundo Feijóo, Temer também participou das articulações que resultaram no salvamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em votação que derrubou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que havia afastado o parlamentar e determinado o seu recolhimento noturno. Dos 44 senadores que restituíram o mandato de Aécio, 16 votos vieram do PMDB. Temer espera agora que o PSDB retribua o gesto na votação da denúncia na Câmara. 

"Não é o único gesto", diz Feijóo. Ele destaca que Temer utilizou portaria que altera as regras para a caracterização do trabalho análogo à escravidão e dificulta a inclusão de empregadores na chamada lista suja do trabalho escravo. Segundo o comentarista, essa é uma "velha aspiração da bancada ruralista de quem ele (Temer) espera ter os votos para escapar da denúncia".