Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Curso do mês: Filosofia e feminismo, com Marcia Tiburi.

Instituto Lula

Menu

CUT homenageia Lula por sua luta pela democracia

14/12/2011 00:35

Paulo Okamotto, diretor-presidente do Instituto Lula, lê mensagem do ex-presidente durante premiação da CUT. Foto: Iberê Thenório/Instituto Lula.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) concedeu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o título de “personalidade de destaque” no Prêmio CUT Democracia e Liberdade Sempre, cuja cerimônia ocorreu na noite desta terça-feira (13), em São Paulo.

A premiação, que teve agora sua primeira edição, foi criada para homenagear personalidades e entidades que lutaram pela redemocratização do Brasil e as que lutam para aperfeiçoar o regime democrático brasileiro.

“Lula é referência mundial em programas sociais, como o de combate à fome e à miséria, e carrega a marca de ter sido o presidente com maior aprovação da história do país”, informou a CUT em comunicado.

Além de Lula, foram homenageados em diferentes categorias Maria da Penha, Rosalina Santa Cruz, Frei Beto, D. Pedro Casaldáliga e o MST. O evento foi conduzido por Paulo Betti e Ester Góes no TUCA (Teatro da Universidade Católica).

O ex-presidente não pode ir à cerimônia devido ao tratamento contra o câncer na laringe e foi representado pelo diretor-presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, que recebeu um troféu concebido pelo artista plástico Elifas Andreato.

“Uma das missões do Instituto Lula é construir chamado Memorial da Democracia, onde pretendemos ter um museu moderno que vai contar um pouco o processo de luta dos trabalhadores deste país, que construíram esse movimento extraordinário [pela democracia] que a gente tem”, afirmou Okamotto.

“O próprio presidente Lula é resultado desse processo. Nós não teríamos um presidente da república com a gestão do Lula, com a origem do Lula se não fossem os movimentos sociais, os movimentos sindicais deste país”, disse.

O diretor-presidente do instituto leu uma mensagem enviada por Lula. “[A democracia e a liberdade] são princípios que sempre estiveram presentes na história da CUT desde a sua fundação. O prêmio cria um fato concreto, com uma imagem muito forte e simbólica”, assinalou o ex-presidente, que participou da fundação da central sindical, em 1983.