Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Curso do mês: Filosofia e feminismo, com Marcia Tiburi.

Instituto Lula

Menu

Ex-presidente Lula recebe Ordem Nacional do Benin

17/03/2013 11:46

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu neste domingo (17) a Ordem Nacional da República Benin, a mais alta condecoração beninense, na cidade de Cotonou. Lula está em viagem por quatro países da África. Depois de visitar Guiné Equatorial e Gana, o ex-presidente chegou hoje ao Benin, onde foi recebido no aeroporto pelo presidente Boni Yayi e cerca de 500 pessoas. Lula deixou o Benin no final da tarde deste domingo (horário local) e partiu para a Nigéria, última parada de sua viagem.Para ver e baixar mais imagens, visite o Picasa do Instituto Lula.

Após a recepção e de assistir apresentações culturais, Lula teve uma reunião com Boni Yayi. Os dois conversaram sobre a troca de experiências no combate à fome, um dos eixos de trabalho do Instituto Lula e também sobre as oportunidades que o Benin tem para empresas brasileiras, especialmente nos setores de energia e transporte.

Depois, Lula participou de um almoço, onde também estavam presentes, além do presidente, ministros , parlamentares e diretores de instituições do país africano. A entrega do prêmio aconteceu durante o almoço e Lula fez um discurso de agradecimento, no qual comemorou a evolução das relações entre os dois países desde a primeira viagem que ele fez ao Benin, em 2006.

Boni Yayi é ex-presidente da União Africana e já se encontrou outras vezes com o ex-presidente Lula. A última delas foi durante a Rio +20, em junho do ano passado.

Veja abaixo o discurso de agradecimento que Lula leu no Benin (não contém improvisos):

Discurso do SE Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil, por ocasião de condecoração e sua recepção na Ordem Nacional do Benin.

Sua Excelência, Presidente da República do Benin;
Excelentíssimos Diretores das Instituições da República do Benin;
Senhoras e senhores, Ministros e membros do Governo do Benin;
Senhora Grande Chanceler da Ordem Nacional da República do Benin;
Senhoras e Senhores Deputados, membros de missões diplomáticas e consulares e representantes de instituições internacionais acreditadas no Benin;
Distintos convidados;
Senhoras e senhores;

Em nome da delegação que me acompanha, gostaria de expressar acima de tudo a minha mais profunda gratidão ao povo do Benin, ao Presidente, meu amigo Thomas Boni Yayi, às diferentes autoridades e a todos vocês aqui presentes, por essa prova de amizade e de estima em relação a mim, que se manifesta pelo calor das boas-vindas que já recebi desde os primeiros momentos de minha estada aqui no Benin.

Quando tive o privilégio de visitar o Benin, em fevereiro de 2006, as relações entre nossos países ainda estava em sua infância, e os nossos povos sentiam a necessidade de se reaproximarem. Na ocasião, eu tive a oportunidade de encontrar representantes da comunidade afrobrasileira em Cotonou e Uidá, e esses encontros me marcaram profundamente. Agora, posso dizer que me atinge o mesmo sentimento de reencontro e de retorno às origens que senti no primeiro contato com o povo beninense.

Com grande satisfação, posso constatar hoje, sete anos depois, a evolução das relações de governo e de cooperação entre os nossos dois países, bem como a reaproximação de nossos povos. Fico muito satisfeito em saber que nossos respectivos governos fizeram considerável progresso em todos os setores da cooperação para o desenvolvimento. Os projetos de cooperação em setores de educação, saúde, agricultura, esporte e patrimônio cultural fizeram progressos admiráveis, que também se notam no campo da iniciativa privada, especialmente em energia, construção, infraestrutura e transporte. Certamente, esses esforços deverão ter prosseguimento e o Brasil, tendo em conta o seu compromisso histórico com a África, que constamtemente evoco, tem o dever moral de acompanhar o Benin em seu caminho para o desenvolvimento em busca do bem estar de sua população.

Sr. Presidente Boni Yayi, caro amigo;

Aproveito a oportunidade para expressar meu mais alto reconhecimento pela sua inestimada atuação enquanto chefe da União Africana. Sua voz de renovação e de esperança ecoou para além deste continente, transmitindo o sentimento de otimismo que nos move em relação à África. Seus esforços de alcançar o diálogo rápido antes de se chegar ao conflito, de favorecer o entendimento entre irmãos e de promover a paz onde ela escapou de nossas mãos, tornou memorável o renascimento do panafricanismo e do entendimento mútuo de que tanto precisamos no mundo.

Senhor Presidente, Senhora Grande Chanceler,

É com grande orgulho que recebo a condecoração da Ordem Nacional do POVO do Benin. Esta valiosa comenda será um símbolo e um incentivo para continuar a minha jornada para a construção do desenvolvimento e da inserção das populações menos favorecidas a um mundo mais justo e solidário.

Sr. Presidente, eu sei que o seu governo e seu povo tem profundo interesse na promoção e na defesa de valores de boa governança, justiça e liberdade, requisitos fundamentais para o desenvolvimento ecônomico e, especialmente, para a melhoria das condições de vida das populações vulneráveis. Quero enfatizar que estou visitando o Benin em nome do Instituto que leva o meu nome, cujos principais objetivos são o desenvolvimento de populações vulneráveis, incluindo mulheres, crianças, jovens e todas as pessoas em situações precárias. Neste sentido, buscamos desenvolver parcerias com a sociedade civil e trabalhar em conjunto para a promoção dos valores democráticos e do progresso social. Sou profundamente agradecido a Vossa Excelência por nos acolher tão bem hoje em nossa missão.

Visitei muitos países africanos e quero visitar ainda muitos outros à frente do Instituto Lula com os meus caros colaboradores que me acompanham. Minha experiência mostra que a construção de nações prósperas baseia-se no despertar de seu povo e de seus líderes. Por essa razão, o Benin ocupa um lugar especial em nossos projetos. Eu quero expressar minha fé em um futuro promissor para este país e para todo o continente africano.

Reitero meu agradecimento aos dirigentes das prestigiosas empresas brasileiras que estão aqui presentes.

Senhor Presidente, Senhoras e Senhores,

Permitam-me concluir, reiterando os meus sinceros agradecimentos pela fraterna acolhida que recebi e pela honra de terem a mim conferido essa condecoração.

Muito obrigado.