Faça parte. Contribua. Aprenda.

Contribua e aprenda com grandes intelectuais.
Doe R$ 200 ou mais e ganhe um curso. — Curso do mês: Filosofia e feminismo, com Marcia Tiburi.

Instituto Lula

Menu

Fiesp homenageia Lula com jantar e exposição fotográfica

19/07/2011 09:17

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) homenageou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na noite nesta segunda-feira (18) com um jantar e uma exposição fotográfica, apresentada de surpresa ao ex-presidente em São Paulo.

Veja o endereço e período da exposição.
Ouça trechos do discurso de Lula na Fiesp.

“O presidente Lula é um estadista que levou o nome do Brasil por todas as partes. Hoje, o mundo conhece e respeita muito o Brasil. Hoje o mundo olha para o Brasil como uma grande oportunidade, em todos os sentidos”, disse o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, durante o jantar reservado.

Skaf lembrou que, durante a campanha eleitoral de 2002, Lula dizia que queria gerar 10 milhões de empregos, e muitas pessoas diziam que era impossível. “No entanto, realmente não foram 10, foram 15 milhões de empregos [gerados]”, afirmou.

O presidente da Fiesp também citou o aumento do crédito, a retomada da indústria naval e o crescimento da indústria automobilística durante o governo Lula.

“Além disso, o ex-presidente Lula nos orgulha muito porque é um ex-aluno do Senai [Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial] de São Paulo, e sempre falou com muito respeito, muito carinho, que a vida dele mudou depois do Senai.”

Diálogo
Para Lula, os bons resultados de seu governo na área industrial foram fruto de muito diálogo com os empresários. “Eu duvido, que em algum momento da história do Brasil, houve um presidente que consultou tanto os empresários como eu consultei, e que construiu tantos instrumentos de participação dos empresários como eu construí com vocês”.

O ex-presidente ressaltou que essa relação com o setor foi importante para enfrentar a crise internacional. “Nós criamos um comitê empresarial que se reunia toda semana para se decidir as questões da crise. Não teve uma única medida em que a decisão não tenha sido tomada coletivamente”.

Lula se dispôs a ajudar os empresários a criar grupos para buscar soluções aos gargalos ao desenvolvimento econômico brasileiro. “Para que a gente possa, juntos, encontrar a solução e apresentar para o governo”.


Exposição
Batizada de “Milhões de Lulas”, a mostra fotográfica organizada pela Fiesp teve curadoria de Juca Varella e projeto expográfico de Haron Cohen. São 48 fotos, algumas inéditas, a maioria de Ricardo Stuckert, fotógrafo oficial do presidente. Também integram a exposição imagens do acervo da Fiesp, uma retrospectiva das passagens de Lula à Fiesp.

A exposição, com entrada franca, poderá ser visitada até o dia 18 de agosto. A Fiesp fica em São Paulo, na Avenida Paulista, 1313, próxima à estação de metrô Trianon-Masp.