Instituto Lula

Menu

Há um ano, multidão guiava Lula contra o ódio

25/03/2019 12:47

Foto: Ricardo Stuckert

Os ataques sofridos por Lula durante sua jornada pelo Sul do país no ano passado não intimidaram aqueles que dedicam sua vida a lutar por um ideal de democracia e justiça.

Foi munida desse sentimento que, em 25 de março de 2018, uma multidão se colocou em fila para conduzir o ex-presidente em segurança pelas ruas de Chapecó até o hotel, após um ato histórico na praça Coronel Bertaso.

Milhares de pessoas passaram o dia resistindo aos ataques de um grupo que insistia em tentar impedir a realização do ato.

“Esses herdeiros políticos do fascismo não conseguem juntar gente para fazer comício e querem impedir que as pessoas façam debate. E o que é mais grave, se tivessem passado fome uma vez na vida, estariam comendo ovo ao invés de tacar ovo”, disse Lula.

Mas ovos, bombas, gás lacrimogêneo, pedras e ofensas não têm força suficiente para barrar a força de um sonho. E, assim, um dia marcado pelo ódio foi encerrado com a vitória do afeto.

Confira no vídeo: