Instituto Lula

Menu

Lula envia mensagem de agradecimento por Prêmio Nelson Mandela de Direitos Humanos

30/08/2012 17:40

O ex-presidente enviou na quarta-feira, dia 22, uma carta de agradecimento ao Prêmio Nelson Mandela de Direitos Humanos, a ele concedido pelo Canadian Auto Workers (CAW TCA), sindicato dos trabalhadores da indústria automotiva do Canadá. O TCA tem uma longa história de lutas conjuntas com os trabalhadores brasileiros, especialmente com a CNM CUT.

O Nelson Mandela Human Rights Award (em português, Prêmio Nelson Mandela de Direitos Humanos, outorgado pelo CAW) é oferecido a cada três anos a uma personalidade mundial. Lula foi escolhido em reconhecimento a seu compromisso para com o povo e com a justiça social. "Durante todo seu mandato como presidente, pudemos perceber que Vossa Excelència fez do povo e das questöes de justiça social sua mais importante prioridade. Ficou muito claro, durante sua campanha eleitoral, que uma vez eleito, Vossa Excelência trabalharia para eliminar a fome no Brasil. A promessa foi cumprida", diz a mensagem enviada pelo TCA.

Leia abaixo a mensagem completa de agradecimento enviada por Lula:

Querido companheiro Ken Lewenza,

Queridas companheiras e queridos companheiros,

É uma honra ter sido escolhido por vocês para receber o Prêmio Nelson Mandela de Direitos Humanos. E o recebo neste evento democrático do TCA, que a cada ano reúne os trabalhadores canadenses para renovar seu compromisso com os ideais de justiça social e solidariedade, indispensáveis à luta por um mundo em paz e sem miséria.

Este também é um período importante da história. De um lado, vimos os povos na chamada Primavera Árabe reafirmarem, com energia e sede de liberdade, o valor da governança democrática para a felicidade coletiva e o bem-estar social.

Do outro lado, trabalhadores e trabalhadoras tornam-se as grandes vítimas da crise econômica internacional, em especial no Velho Mundo.

Eles são penalizados por erros de uma minoria tão poderosa quanto imprudente. Apenas soluções criativas e políticas voltadas para a justiça social e para o fortalecimento da democracia poderão resolver esse impasse do nosso tempo.

Em dias desafiadores como esses em que vivemos, precisamos cultivar a memória das lutas e dos exemplos encarnados por Nelson Mandela.

Este homem, que acabou de comemorar seus 94 anos, comungou com o amor e a esperança de seus irmãos, soube mobilizar as pessoas sem ódio e fortalecer a união de sua gente para enfrentar barreiras políticas e econômicas de seu país. Até então, isso parecia impossível. A força do legado de Mandela, um dos maiores líderes da nossa história, precisa estar nos corações e mentes de cada um de nós.

Neste dia de fraternidade, alegria e luta, quero mandar a vocês, daqui do Brasil, um abraço forte, e agradecer de todo o coração a honra que me concederam. É uma pena não estar aí para ouvir a voz de todos os presentes. Saibam que, apesar da distância, meus melhores desejos e minha esperança estão com vocês.

Um forte abraço,

Luiz Inácio Lula da Silva