Instituto Lula

Menu

Na quinta, TVT exibe entrevista de Lula com Kfouri e Trajano

11/06/2019 09:24

Foto: Ricardo Stuckert

Da Rede Brasil Atual

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravará na manhã desta quarta-feira (12) sua primeira entrevista a um canal aberto de televisão, a TVT. Os jornalistas Juca Kfouri, apresentador do programa Entre Vistas, e José Trajano, do Papo com Zé Trajano, conduzirão a primeira conversa de Lula com um veículo de imprensa depois da publicação das denúncias de The Intercept Brasil expondo a farsa jurídica em torno da Operação Lava Jato.

O site de jornalismo investigativo iniciou no domingo a publicação de uma série de reportagens sobre a relação entre o ex-juiz Sergio Moro, o procurador Deltan Dallagnol e outros integrantes da Lava Jato.

De acordo com o que publicou até o momento, o Intercept teria farto material exclusivo obtido com uma fonte anônima. O conteúdo em mãos do site dirigido pelo jornalista Glenn Greenwald teria ainda informação que extrapola o núcleo da Lava Jato. Além de diálogos interceptados em grupos de Telegram, aplicativo de chat, haveria mais aúdios, vídeos e textos trocados entre integrantes da operação. E incluiria parlamentares, outros membros do Poder Judiciário, do Executivo, empresas, inclusive de comunicação e jornalistas.

A relação de Moro, procuradores e agentes da Polícia Federal com a imprensa foi parte essencial para o “sucesso” da Lava Jato, como em várias oportunidades admitiu o próprio ex-juiz de primeira instância. Profissionais influentes das principais redações foram o principal canal de vazamento seletivo de informações sigilosas por parte da operação. E por meio desses vazamentos orquestrou-se a agenda das operações – não raras vezes combinada com calendários eleitorais que afetaram as eleições de 2014, 2016 e 2018.

A própria velocidade com que tramitou o processo do caso do Tríplex do Guarujá teve o objetivo de levar Lula à prisão antes que pudesse disputar a eleição do ano passado. O ex-presidente foi impedido, inclusive, de conceder entrevistas antes do pleito para que não pudesse defender a chapa de Fernando Haddad (PT) e Manuela D’Ávila (PCdob)

A autorização para essa entrevista à TVT foi obtida no mês de abril, junto ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, por intermédio do ex-ministro Eugênio Aragão, que atuou como advogado da Fundação Sociedade Comunicação, Cultura e Trabalho, entidade de direito privado mantenedora da TVT, uma parceria dos sindicatos dos Metalúrgicos do ABC e Bancários de São Paulo. A emissora exibirá a entrevista na quinta-feira (13), às 20h, pelo canal digital 44.1 na Grande São Paulo, e pelas redes sociais e YouTube. A RBA e a Rádio Brasil Atual (FM 98,90) também transmitem.