Instituto Lula

Menu

Caminhonete atropela e mata manifestante do MST em Valinhos

18/07/2019 10:10

Acampamento Marielle Vive abriga mais de mil famílias / Mídia Ninja

Do Brasil de Fato

Um homem dirigindo uma caminhonete em alta velocidade jogou seu veículo contra uma manifestação das famílias do Acampamento Marielle Vive, em Valinhos, a uma hora da capital do estado de São Paulo.

Os integrantes do MST estavam realizando um protesto com entrega de alimentos no quilômetro 7 da Estrada do Jequitibá. Um homem, identificado até o momento como senhor Luiz, foi assassinado e o movimento relata que existem vários feridos.

A ação dos acampados visava pressionar a prefeitura por fornecimento de água. Atualmente, mil famílias vivem no Acampamento Marielle Franco, ocupado um mês após a execução da vereadora, na Fazenda Eldorado Empreendimentos Ltda, em 14 de abril de 2018. 

Em nota, o MST exige punição imediata ao assassino, "que age sob o clima de terror contra os movimentos populares, incentivado por autoridades irresponsáveis que estão no governo brasileiro".

O Brasil de Fato entrou em contato com a Assessoria de Segurança Pública de São Paulo. Em breve, mais informações.