Instituto Lula

Menu

Ex-presidente colombiano elogia entrevista de Lula

02/05/2019 15:53

Lula e Ernesto Samper. Setores da mídia e do Judiciário atuam para perseguir políticos progressistas da América Latina. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper (1994-1998), que também foi secretário-geral da União das Nações Sul-americanas (Unasul) de 2014 a 2017, voltou a defender Lula, desta vez nas redes sociais. Samper, que já visitou o ex-presidente brasileiro na prisão em Curitiba, tuitou:

"Não guardo rancor, porque nesta idade, quando você tem ódio, morre antes (...). Tudo o que quero e peço, pelo amor de Deus, é que me julguem em função das provas, porque estou seguro da minha inocência". Admirável entrevista do ex-presidente Lula para o jornal El País #LulaLivreJa

Em entrevista à Rede Brasil Atual  em outubro do ano passado, Samper já havia dito que no processo que resultou na prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram violados todos os princípios fundamentais do Direito.

“Não há um único dos princípios universais do devido processo legal que não tenha sido violado no caso do ex-presidente Lula. A presunção da inocência, a controvérsia das provas, o direito à intimidade, e também o direito de apelar às instâncias superiores, dentre outros, todos foram violados”, afirmou Samper, que é advogado.

Relembre a visita de Samper a Lula: 

Para a entrevista na íntegra, ouça nosso podcast: 
Ou assista ao vídeo completo: