Instituto Lula

Menu

Instituto Lula lança campanha em defesa do legado de Lula

26/07/2019 12:50

Do Lula Livre

O Governo Lula mudou a vida da população brasileira através da implementação de politicas públicas sociais eficientes e amplas como Bolsa Família, Prouni, Mais Médicos, etc. Para promover os motivos do crescimento do país no período e o impacto que essas politicas tiveram na redução da desigualdade, o Instituto Lula (IL) lançou a campanha Libertem Nosso Brasil em defesa do legado do ex-presidente.

Segundo a assessoria do instituto o objetivo é promover, ao mesmo tempo, um processo de conscientização política e de mobilização urgente dos trabalhadores em defesa da liberdade de Lula. “Vamos levar, ao maior número possível de pessoas, o conhecimento sobre as políticas públicas e os investimentos feitos pelos governos Lula e Dilma. “, explica a assessora do IL, Gabriella Gualberto.

Não faltam bons motivos para aderir a campanha. Dados comparativos dos resultados dos governos Lula e Dilma em relação aos anteriores mostram a enorme diferença na contribuição desses governos para o fortalecimento da economia nacional, a diminuição da desigualdade social e a melhoria das condições de vida do povo brasileiro.

3° Mutirão vai ampliar a coleta de assinaturas para anular julgamento de Lula

Comitês se preparam para o 3º Mutirão Lula Livre

Baixe aqui os materiais do 3º Mutirão Lula Livre

O professor de Educação Infantil, Thiago, de Limeira, São Paulo foi quem inaugurou nesta sexta-feira, 26, a série #LibertemNossoBrasil explicando ser ele um dos milhões de beneficiados pelas políticas de democratização do ensino superior promovidas pelo governo Lula, pois foi o primeiro de sua família a cursar uma universidade.

“Nós só conseguimos transformar uma sociedade quando o governo entende a importância de trazer as pessoas mais humildes para os processos decisivos, para que a sociedade se torne mais justa e igualitária.”, afirmou em seu depoimento.

Como Participar da Campanha

Para colaborar com a campanha, o instituto orienta a gravar vídeo de até, no máximo, dois minutos nas redes sociais sobre as realizações do governo Lula, com depoimento pessoal sobre o programa de governo do qual a pessoal se beneficiou especialmente. “ Todo mundo pode também orientar a gravação e distribuição de depoimentos de outras pessoas beneficiárias”, acrescenta Gualberto.

A sugestão do Instituto é que narrativas comecem sempre com uma frase padrão em defesa da liberdade de Lula, seguida dos motivos pessoais da pessoa para defendê-lo, incluindo-se a explicação sobre os benefícios recebidos a partir do seu governo. Exemplo “Eu defendo a liberdade de Lula porque ele é inocente, e porque foi no governo Lula que… [melhoria de vida conquistada]”. Finalizando com a identificação de quem aparece no vídeo e mais uma chamada Lula Livre: “Eu sou fulano, de Sergipe, e eu quero LULA LIVRE!”, destaca a assessoria.

As gravações poderão ser também utilizadas, sob autorização dos participantes, para a produção de vídeos de curta metragem consolidados por tema ou região geográfica. “Ao enviar seus vídeos o conteúdo, não deixe de registrar se autoriza (ou não) a sua utilização em futuras edições da campanha pela liberdade do ex-presidente”, aponta a assessora.

Além de enviar seus vídeos para amigos e familiares, o Instituto pede que compartilhem o conteúdo com o canal do WhatsApp do Instituto Lula no número (11) 2065.7022