Instituto Lula

Menu

Intercept: Moro “coordenava” ilegalmente investigação contra Lula

15/06/2019 14:54

Ex-juiz Sergio Moro. Foto: Lula Marques

Do Brasil de Fato

O então juiz Sérgio Moro pediu ao Ministério Público Federal (MPF) que publicasse uma nota à imprensa desqualificando a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O episódio ocorrido em 10 de maio de 2017 foi revelado na noite desta sexta-feira pelo portal The Intercept na série “Conversas secretas da Lava Jato”.

Desta vez, as conversas de Moro se deram com o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima que assim como Deltan Dallagnol, integra a força-tarefa da operação no Paraná. O atual ministro da Justiça de Jair Bolsonaro qualifica a atuação da defesa de Lula, no caso triplex, durante um dos pontos altos da operação, de “showzinho”.

Ainda segundo o The Intercept,”essas conversas provam que Moro estava sugerindo estratégias para que os procuradores realizassem sua campanha pública contra o próprio réu que ele estava julgando”.

Sérgio Moro se pronunciou nesta sexta (14) ao Estado de S. Paulo colocando em xeque a autenticidade das conversas. “Se quiserem publicar tudo, publiquem. Não tem problema”, disse.

Lima ainda não se posicionou sobre o caso.

Confira a íntegra da sexta reportagem do The Intercept Brasil “A Defesa já fez o showzinho dela – Sergio Moro, enquanto julgava Lula, sugeriu à Lava Jato emitir uma nota oficial contra a defesa. Eles acataram e pautaram a imprensa”.

Por Brasil de Fato