Instituto Lula

Doe agora
Menu

Lula saúda vitória de Biden nos Estados Unidos

07/11/2020 22:50

Arte: Agência PT

Por Agência PT de Notícias

Líderes do PT, como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e a presidenta da legenda, deputada Gleisi Hoffmann (PR), comemoraram a derrota de Donald Trump nas eleições dos EUA e saudaram a vitória do novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. As manifestações foram divulgadas nas redes sociais neste sábado, após a confirmação da vitória do candidato democrata.

“O mundo respira aliviado com a vitória de Biden”, afirmou o ex- Lula em seu perfil de Twitter. Dilma foi na mesma linha: “A vitória de Biden é uma vitoria do povo americano, e representa um alento para aqueles, no mundo, que lutam contra a extrema-direita, a intolerância e o ódio”.

Além de saudar a vitória de Joe Biden, Lula manifestou “esperança de que ele não só internamente, mas também em suas relações com o mundo e com a América Latina, se paute pelos valores humanistas que caracterizaram a sua campanha”.

Lula também destacou a importância da vitória de Joe Biden “neste momento tão importante em que o povo norte-americano se manifestou contra o trumpismo e tudo o que ele representa, de rejeição de valores humanos, ódio, abandono da vida e agressões contra nossa querida América Latina”.

Dilma também lembrou da importância da eleição da senadora Kamala Harris para para a vice-presidência dos Estados Unidos. “É um fato relevante”, comentou a ex-presidenta.

“A extrema-direita sofreu sua maior derrota”, afirmou por sua vez a presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores, deputada Gleisi Hoffmann (PR). “Temos de seguir vigilantes para evitar novos ataques na Bolivia, na América Latina, e derrotá-la aqui no Brasil. Dia 15 votar contra os candatos de Bolssonaro!”, destacou.

No parlamento, petistas também comemoraram a derrota do candidato republicano. “A saída do Trump significa a derrota das mentiras, do estímulo à discriminação e à violência. O mundo agora tem a oportunidade de se reencontrar com a civilidade. Nós temos que fazer a nossa parte nestas eleições para trilhar um novo caminho para o Brasil”, comemorou o senador Rogério Carvalho (SE), líder do PT no Senado Federal.

“A vitória de Biden sobre Trump não vai diminuir o sabujismo do governo brasileiro aos EUA, mas tirou do poder um intolerante antidemocrático no qual Bolsonaro se espelha”, advertiu o deputado Enio Verri (PR), líder do PT na Câmara dos Deputados.

“Que a vitória de Joe Biden sobre Trump abra a possibilidade de enterrar tudo o que esse atual governo dos EUA tem representado de nefasto ao Brasil e ao mundo. Eu o felicito pela vitória. E não vejo a hora de que, em 2022, possamos derrotar Bolsonaro, a cópia malfeita de Trump”, afirmou o senador Humberto Costa (PT-PE), membro do Parlamento do Mercosul.

“O Brasil precisa voltar a ter uma relação com os EUA pautada em um debate político elevado, de ideias e, sobretudo, que respeite os ideais de civilização, algo impossível de se ter com duas figuras como Trump e Bolsonaro. Parabéns, EUA, pela escolha! Parabéns, Joe Biden”, completou.