Instituto Lula

Doe agora
Menu

Mulheres ainda são menos ativas no mercado de trabalho

14/03/2018 13:10

Imagem: FPA/Reprodução

Por Ana Luíza Matos de Oliveira
Para a Fundação Perseu Abramo 

De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) mostram que, em todo mundo, mulheres ainda são menos ativas no mercado de trabalho que homens. Isso não significa que as mulheres trabalhem menos que os homens (pois, por exemplo, grande parte do trabalho doméstico não remunerado no mundo é realizado por mulheres), mas sim que participam menos do mercado de trabalho.

Segundo estudo da OIT, a participação das mulheres na força de trabalho em todo o mundo em 2018 foi de 48,5%, 26,5 pontos percentuais abaixo da taxa masculina (75%). Também, a taxa de desemprego das mulheres em 2018 está estimada em 6%, 0,8 pontos percentuais acima da taxa de desemprego masculina (5,2%). Na América Latina, o gap da taxa de participação por gênero é de 25,6 (abaixo da média mundial) e da taxa de desemprego de 1,4 pontos percentuais (acima da média mundial).

As diferenças, em especial na taxa de participação, são reflexo do peso que o trabalho doméstico não remunerado tem para as mulheres em relação aos homens.