Instituto Lula

Menu

Jornalista revela censura da Globo à entrevista de Lula

30/04/2019 13:04

Foto: Ricardo Stuckert

A jornalista Cristina Padiglione, comentarista de TV no UOL, publicou matéria nesta terça (30) revelando que a Globo determinou a seus jornalistas que não houvesse repercussão da entrevista que o ex-presidente deu à Folha e ao El País na última sexta-feira (26). A informação foi confirmada com jornalistas da emissora. Cristina Padiglione, mais conhecida como Padi, destaca também que esta é a primeira vez que a Globo se alinha à Record numa orientação jornalística desse tipo. As duas foram as únicas que ignoraram a notícia.

Preso há mais de um ano sem provas em Curitiba, Lula teve sua palavra cassada e, numa decisão sem precedentes no Brasil democrático, foi proibido de dar entrevistas. A proibição caiu há menos de duas semanas. Mesmo depois da decisão, as tentativas de cercear o direito de expressão do ex-presidente continuaram. O delegado da Superintendência da PF em Curitiba tentou impedir que a entrevista que Folha e El País tentavam na Justiça há sete meses fosse exclusiva e determinou a criação de uma coletiva e que outros veículos (escolhidos pela própria PF) deveriam estar presentes. A decisão foi derrubada somente na véspera da entrevista.

O perfil oficial de Lula no Twitter ironizou a determinação:

Para entender os motivos que amedrontam na entrevista de Lula, o melhor é assisti-la. 

Abaixo segue um recorte de seis minutos, além das versões na íntegra em vídeo e áudio.

Boletim Lula Livre destaca melhores momentos da entrevista:



TV Folha publica entrevista completa:

 

Rádio Lula, Podcast do Instituto Lula, traz o áudio da entrevista na íntegra: