Instituto Lula

Doe agora
Menu

Quando eu sair daqui, cuidarei do Brasil, promete Lula

25/10/2019 09:25

Foto: Joka Madruga/Agência PT

Tente ler sem perder o fôlego: leitura de cartas que lhe chegam aos montes, conversas com advogados e aliados políticos, visitas internacionaisentrevistas, resposta das cartas, novas visitas. Junte a tudo isso a incessante tarefa de acompanhar – sempre apontando soluções – cada novo capítulo desta trama chamada Brasil.

A rotina do ex-presidente Lula, não por acaso, impressiona até mesmo quem já o conhece de longa data. “Parece um jovem de 20 e poucos anos, com uma vitalidade extraordinária”, define o deputado federal José Guimarães. “Ele está se cuidando, vocês viram que está até mais magro?”, sugere o vice-presidente Nacional do PT, Márcio Macêdo. 

A percepção dos parceiros petistas após encontro (o terceiro para ambos) com Lula no cárcere político em Curitiba é consenso entre todos os que o visitam. Mesmo assim, sempre há espaço para novas orientações vindas do maior líder popular da história do país – até porque o atual momento da nação não dá um descanso aos que têm se disposto a lutar contra os retrocessos agravados desde que Jair Bolsonaro chegou ao poder.

Foto: Joka Madruga

José Guimarães e Márcio Macêdo

Desta vez, o tema inicial da conversa entre Lula, Guimarães e Macêdo não poderia ser outro: o novo desastre ambiental que mancha com óleo todo o Nordeste brasileiro – e também a imagem do país perante o mundo. “Somos nordestinos e absolutamente comprometido com a história do Lula e do PT. Ele nos pediu para nos dedicarmos a cuidar do Nordeste e é isso que vamos fazer. Ele me disse: o Nordeste é a nossa cara e vocês precisam protegê-lo”, garante o cearense Guimarães.

Já o baiano Macêdo completa ao descrever o sentimento de estar ao lado de alguém que “tem um diagnóstico muito real do país”, mas segue encarcerado injustamente por um farsa judicial: “A vida é feita de dor e de alegria. Quando eu entrei lá fiquei com esse sentimento. Uma dor profunda de ver o símbolo pela justiça social no Brasil, que cuidou da nossa gente, preso injustamente. Ao mesmo tempo é uma alegria sem tamanho ver ele bem, indignado e com sangue nos olhos para enfrentar os seus algozes, mas com a serenidade dos inocentes”.

Foto: Joka Madruga

José Guimarães e Márcio Macêdo

A conversa ainda teve tempo para uma outra orientação, desta vez, ligada ao processo de renovação do Partido dos Trabalhadores, prestes a realizar o seu 7º Congresso Nacional. “Nunca o PT teve um momento tão bom quanto esse para mostrar a sua força. Cuidem do PT que eu vou sair daqui e me dedicar a cuidar do Brasil. Vocês precisam lançar candidatos, homens e mulheres, em todas as partes desse país”, avisou Lula, em recado confidenciado por Guimarães e Macêdo.

Por Henrique Nunes da Agência PT de Notícias