Instituto Lula

Doe agora
Menu

Uso político da Justiça volta a rondar o continente

07/12/2022 15:19

A vice-presidenta da Argentina, Cristina Kirchner - Foto: José Cruz/AgênciaBrasil

Nota oficial do Instituto Lula

O Poder Judiciário não pode ser usado para perseguir adversários ou beneficiar amigos.

A condenação da vice-presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, em um processo recheado de suspeitas e que já havia sido arquivado anteriormente, é preocupante e se insere num repetido roteiro de perseguição a líderes progressistas em nosso continente.

O uso político do Poder Judiciário contribui para corroer a democracia e para alimentar discursos fantasiosos e extremistas. Esses mesmos discursos provocaram imensos prejuízos ao Brasil e a diversos países ao redor do globo. 

Cristina Kirchner, assim como todos os cidadãos argentinos, brasileiros e sul-americanos, merece um julgamento justo, comandado por magistrados imparciais. 

Manifestamos nossa total solidariedade a Cristina Kirchner, assim como a todos os líderes, militantes e ativistas progressistas perseguidos e condenados injustamente na história recente em nosso continente.